Castrar gatas previne o câncer de mama

Segunda, 21 de janeiro de 2019 Exercicio fisicos

    O terceiro tumor mais comum em gatas pode ser evitado com a castração. Saiba mais sobre a intervenção e os cuidados a serem tomados

    Sempre ouvimos que a grande vantagem da castração de animais é o apoio ao controle populacional e à redução do abandono. Mas os benefícios não param por aí. Segundo uma pesquisa feita por várias instituições brasileiras, castrar gatas precocemente reduz em sete vezes o risco de elas desenvolverem câncer de mama.

    Assim como nos humanos, a doença ocorre quando há uma multiplicação anormal das células das glândulas mamárias, causada pela exposição a hormônios ovarianos.

    “Castrar entre os 6 e os 12 meses diminui a proliferação celular e o contato com esses hormônios. Daí a proteção contra o tumor”, justifica o veterinário que liderou o estudo, Geovanni Cassali, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

    O que você precisa saber sobre a castração

    O que é: “trata-se de um procedimento cirúrgico para remover ovários e útero”, resume Cassali. A ideia é zerar a produção hormonal.

    Idade certa: castre antes do primeiro cio ou até os 12 meses de idade. “Após esse período, a operação não previne o câncer”, avisa Cassali.

    Repouso: a gatinha precisa de cuidados e descanso depois da cirurgia. A retirada dos pontos ocorre após dez dias.

    Pós-cirurgia: o veterinário costuma receitar antibióticos, anti-inflamatórios e medicamentos para controle de dor.

    Atenção na balança: a alteração hormonal gera o risco de ganho de peso. “É importante equilibrar a dieta para evitar a obesidade”, orienta o especialista.

    Xixi fora de hora: a bagunça dos hormônios pode fazer a gata perder o controle da bexiga. Cabe ao veterinário indicar uma solução adequada.

    E nas cadelas?

    O câncer de mama é o mais frequente nelas, e castrá-las também representa a melhor maneira de prevenir a doença. “Se ela aparecer, a remoção cirúrgica do tumor é o principal tratamento, tanto em cadelas como em gatas. Depois, pode ser necessário realizar a quimioterapia”, explica Cassali.

Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
SOBRE O SITE PAULO AFONSO | TEM

O site pauloafonsotem é formado por uma ótima equipe de colaboradores que fazem o site andar, deixando o mesmo sempre atualizado com notícias de qualidade para orgulhar cada vez mais todos os nossos internautas! Desde 2010 trazendo conteúdo e informação para você.
QUER ANUNCIAR?

Entre em contato, e faça a sua divulgação conosco! "QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO" Telefone: 75-98845-4011 | 75-99227-3793 ou se preferir E-mail: pauloafonsotem@hotmail.com!
PREVISÃO DO TEMPO

RECENTES POSTS

Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Ewerton Miranda