Inovações do III Paulo Afonso Jazz Festival são aprovadas pelo público

  Segunda, 26 de novembro de 2018
  ASCOM/PMPA    |      

    Nos dias 24 e 25 de novembro a música instrumental em ritmo de Jazz, Rock, Chorinho Carioca e MPB levou pauloafonsinos e turistas ao Parque Belvedere, onde foi realizada a 3º edição do Paulo Afonso Jazz Festival. O evento, realizado pela Prefeitura sob a organização da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte, trouxe grandes artistas da música brasileira, como Davi Moraes, Flávio Venturini e Derico, que se somaram aos artistas da cidade, com destaque para Ígor Gnomo, que além de se apresentar junto com o saxofonista Derico, também participou da organização.

    Entre as novidades desta edição, as três prévias realizadas nos dias 3, 10 e 17, contaram com as participações de artistas da cidade e convidados, como Edson Silva, Gildo Madeira, Lamartine e Birusko. A parceria com o Festival Literário de Paulo Afonso (Flipa), realizado pela Faculdade Sete de Setembro, enriqueceu a programação com palestras, shows, filmes, Chá de Poesia e minicursos.

     

    No sábado (24), após a programação do Flipa, o Trio Mesa Pra Três iniciou o primeiro show do Paulo Afonso Jazz Festival. No primeiro momento, com teclado, contrabaixo e bateria, o grupo de Brasília transformou em Jazz grandes sucessos como Disparada, de Geraldo Vandré; Feira de Mangaio, de Sivuca e outros clássicos compostos por famosos como João Bosco e Aldir Blanc.

    Para melhorar o que já estava bom, o Trio Mesa pra Três convidou ao palco o instrumentista Hamilton de Holanda. Com seu bandolim, Hamilton levou o público a fazer uma viagem musical, relembrando entre outros, compositores como Pixinguinha, Tom Jobim e Luiz Gonzaga, além de tocar sucessos de sua autoria.

     

    Logo depois do show, Hamilton concedeu entrevista à nossa equipe e disse que, apesar do avanço da tecnologia e do surgimento de novos instrumentos, a música continua tendo o poder de emocionar. Para ele a música de qualidade ultrapassa gerações, portanto, os compositores e cantores que fazem parte da nossa memória musical jamais serão esquecidos.

     

    “Minha contribuição para manter a memória da música do Brasil é me dedicar diariamente à música e relembrar sucessos eternos de compositores como Luiz Gonzaga, Pixinguinha e Tom Jobim, incluindo músicas novas compostas por mim. A música é atemporal e o ser humano é inteligente porque tem memória, e nós não podemos esquecer de pessoas que foram importantes para a história da nossa música”, concluiu Hamilton.

Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
SOBRE O SITE PAULO AFONSO | TEM

O site pauloafonsotem é formado por uma ótima equipe de colaboradores que fazem o site andar, deixando o mesmo sempre atualizado com notícias de qualidade para orgulhar cada vez mais todos os nossos internautas! Desde 2010 trazendo conteúdo e informação para você.
QUER ANUNCIAR?

Entre em contato, e faça a sua divulgação conosco! "QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO" Telefone: 75-98845-4011 | 75-99227-3793 ou se preferir E-mail: pauloafonsotem@hotmail.com!
PREVISÃO DO TEMPO

RECENTES POSTS

Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Ewerton Miranda