Jovem grava vídeo e seguidores salvam camisaria de idoso de 90 anos

  Segunda, 03 de agosto de 2020
  só notícia boa    |      
Jovem grava vídeo e seguidores salvam camisaria de idoso de 90 anos

    A iniciativa de Renato Dias, que gravou um vídeo e postou nas redes sociais, salvou a camisaria e autoestima do seu Odiney Pedroso, de 90 anos.  O idoso não conseguiu empréstimo de R$ 1.800 para tocar o negócio de 75 anos, que entrou em crise após o isolamento social da Covid-19.

    Seu Pedroso vendeu apenas 6 camisas desde o início da pandemia e não tinha mais como pagar as despesas pra manter o ateliê, que fica na Lapa, na Zona Oeste de São Paulo.

    Formado em Marketing, Renato tem 30 anos e administra o posto de gasolina da família, que fica perto da camisaria do seu Pedroso. Ele disse ao SóNotíciaBoa que ficou sabendo do problema enquanto o idoso abastecia o carro.

    “Ele veio abastecer o carro sozinho no sábado e eu perguntei se ele estava se cuidando, por causa da pandemia. Ele disse que sim, mas contou que as coisas estavam meio difíceis na camisaria, que o movimento estava fraco”.

    Renato se sensibilizou ao ver um senhor trabalhando naquela idade e enfrentando problemas financeiros.

    “Ele estava sem dinheiro para comprar tecidos, pagar, água, luz e o aluguel”, contou Renato.

    A virada

    Como seu Odiney Pedroso é amigo há 70 anos do seu Armando Dias, avô do Renato, ele decidiu ajudar. Além de comprar duas camisas, ele gravou um vídeo mostrando o ateliê, os produtos que ele faz e conversou com o idoso, que se emocionou na hora.

    Renato postou o vídeo nas redes sociais e chamou os seguidores do posto de gasolina para comprarem na loja, que faz camisas personalizadas.

    O vídeo viralizou e o telefone não para de tocar.

    “Ele recebeu uns 3 mil pedidos, até de Miami. Mas como só faz camisas sob medida, pegou apenas 50 encomendas. Só um amigo meu pediu 6 camisas pra ele”, contou Renato.

    Ele explicou que seu Pedroso trabalha sozinho no ateliê e consegue fazer apenas uma camisa por dia, porque são artesanais e levam as iniciais da pessoa bordada do lado esquerdo.

    Não quer doações

    Apesar de várias pessoas terem mandado dinheiro, “suficiente para pagar as contas e comprar tecidos, ele não quer doação. Ele me disse: “Eu não quero dinheiro eu quero cliente bom!”, lembrou Renato.

    Depois dessa virada na vida do seu Pedroso, ele também recebeu ajuda para trabalhar.

    “Dois netos dele começaram a ajudar. Apareceram na segunda-feira. Estão recebendo e anotando os pedidos”, concluiu.

    Por enquanto a loja do seu Pedroso não tem redes sociais.

Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
SOBRE O SITE PAULO AFONSO | TEM

O site pauloafonsotem é formado por uma ótima equipe de colaboradores que fazem o site andar, deixando o mesmo sempre atualizado com notícias de qualidade para orgulhar cada vez mais todos os nossos internautas! Desde 2010 trazendo conteúdo e informação para você.
QUER ANUNCIAR?

Entre em contato, e faça a sua divulgação conosco! "QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO" Telefone: 75-98845-4011 | 75-99227-3793 ou se preferir E-mail: pauloafonsotem@hotmail.com!
PREVISÃO DO TEMPO

RECENTES POSTS

Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Ewerton Miranda