Câmara é interditada e todos os 15 vereadores de Paulo Afonso fazem teste para Covid-19; saiba porquê

  Quinta, 21 de maio de 2020
  ascom pmpa    |      

    Na tarde desta quarta-feira (20), 15 vereadores da Câmara Municipal de Paulo Afonso realizaram exame para Covid-19, após a irmã de uma servidora testar positivo para a doença. Cerca de 10 servidores do Legislativo também fizeram o exame.

    A medida ocorreu logo após o vereador Marcondes Francisco (PSD), interromper a sessão da Câmara para informar o caso positivo da irmã da servidora que naquele momento trabalhava na Câmara. Marcondes mostrou-se muito preocupado e revelou que teve contato com ela umas cinco vezes. O vereador Marconi Daniel (Podemos) que estava com a palavra discutindo um projeto pediu a suspensão imediata da sessão, o que logo foi acatada por todos.

    Os testes foram autorizados e enviados pela Secretaria Municipal de Saúde a pedido do presidente da Casa, Pedro Macário (DEM). Pelo protocolo, os parlamentares e os servidores teriam que esperar entre 3 a 7 dias para submeterem-se aos exames.

    Ao debaterem o tema, ouvintes da Rádio Angiquinho criticaram o que consideraram privilégio dos vereadores. “Por que um cidadão comum, mesmo que apresente sintomas do coronavírus tem que esperar esse tempo para fazer o teste e os nobres vereadores, que tiveram contato somente hoje com a irmã de uma positivada, já fazem. É uma vergonha essa secretaria! Cadê a isonomia”, disse um morador do Jardim Bahia.

     

    Alguns vereadores não concordaram com o privilégio

    Os vereadores Mário Galinho e Marconi Daniel entraram no ar e concordaram com as críticas dos ouvintes. Galinho disse que iria fazer o teste por exigência da presidência, porém, compensaria pagando um teste particular a um cidadão que estivesse no grupo de risco.

    Já Marconi Daniel abdicou do teste doado pela secretaria, afirmando se assim o fizesse, não estaria sendo justo com a população, principalmente, com os diversos profissionais de saúde que há dias anseiam pelos exames.

    Marconi Daniel fez o teste pago (R$ 270,00), num laboratório particular e testou negativo.

    A Câmara foi interditada pela Vigilância Sanitária e passará por desinfecção. As atividades foram suspensas até o dia 6 de junho. 

Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
SOBRE O SITE PAULO AFONSO | TEM

O site pauloafonsotem é formado por uma ótima equipe de colaboradores que fazem o site andar, deixando o mesmo sempre atualizado com notícias de qualidade para orgulhar cada vez mais todos os nossos internautas! Desde 2010 trazendo conteúdo e informação para você.
QUER ANUNCIAR?

Entre em contato, e faça a sua divulgação conosco! "QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO" Telefone: 75-98845-4011 | 75-99227-3793 ou se preferir E-mail: pauloafonsotem@hotmail.com!
PREVISÃO DO TEMPO

RECENTES POSTS

Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Ewerton Miranda