MEC estende suspensão de aulas presenciais em universidades até 14 de junho

  Quinta, 14 de maio de 2020
  Correio Braziliense    |      
MEC estende suspensão de aulas presenciais em universidades até 14 de junho

    Em publicação no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (13/5), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, assinou uma portaria que prorroga por mais 30 dias a suspensão das aulas presenciais nas instituições de ensino superior. A medida vale até 14 de junho.

    A decisão passa a valer a partir desta sexta-feira (15/5) e inclui universidades federais, institutos federais, Colégio Pedro II, Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), Instituto Benjamin Constant (IBC) e universidades e faculdades privadas.

    Segundo o MEC, as instituições que quiserem substituir as aulas presenciais por virtuais precisam entrar em contato com a pasta. A portaria veda a medida aos cursos de Medicina e às práticas profissionais de estágios e de laboratório dos demais cursos.

    Este é o segundo adiamento da volta às aulas presenciais desde o início da deteminação de isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus no Brasil. A primeira vez que o MEC decretou suspensão das aulas foi em 18 de março. A medida valia por 30 dias. No dia 15 de abril, o ministério publicou uma nova portaria, prorrogando o prazo mais uma vez, após o agravamento do número de casos e óbitos por covid-19 no país.

Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
SOBRE O SITE PAULO AFONSO | TEM

O site pauloafonsotem é formado por uma ótima equipe de colaboradores que fazem o site andar, deixando o mesmo sempre atualizado com notícias de qualidade para orgulhar cada vez mais todos os nossos internautas! Desde 2010 trazendo conteúdo e informação para você.
QUER ANUNCIAR?

Entre em contato, e faça a sua divulgação conosco! "QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO" Telefone: 75-98845-4011 | 75-99227-3793 ou se preferir E-mail: pauloafonsotem@hotmail.com!
PREVISÃO DO TEMPO

RECENTES POSTS

Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Ewerton Miranda