Insulina inalável passa a ser permitida no Brasil, desde segunda feira 03/06.

  Quarta, 05 de junho de 2019
  G1    |      

    Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou entrada do produto Afrezza no mercado brasileiro. Comercialização é prevista para o segundo semestre deste ano.

    Está autorizada a venda de insulina inalável no Brasil. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou na segunda-feira (3) a comercialização do produto Afrezza, que é um pó para inalação, ou "insulina oral de ação ultrarrápida".

    A insulina é o hormônio que regula o nível de glicose (açúcar) no corpo.

    Segundo a empresa que detém os direitos do produto no Brasil, a Biomm, a insulina inalável será comercializada no país a partir do quarto trimestre deste ano, a depender do processo de registro de preços pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

    Nos Estados Unidos, o kit para um mês custa de US$ 150 a 400, dependendo da quantidade de doses. É o equivalente a R$ 580-1.550.

    De acordo com a empresa, o produto "oferece aos portadores da diabetes uma nova opção para melhorar a qualidade de vida".

    Funcionamento e limites

     A insulina inalável é uma alternativa àquela injetável, única disponível no Brasil. Assim como a injetável, o Afrezza deve ser administrado durante as refeições. Serve para os tratamentos de diabetes de tipo 1 e de tipo 2.

    Dentro do pequeno inalador, há o pó da insulina, que ao ser inspirado vai para os pulmões, onde é absorvido pelo corpo. Os desenvolvedores do produto afirmam que a insulina é absorvida em segundos e, dentro de poucos minutos, há o efeito da redução da glicose no sangue.

     

    Como qualquer medicamento, o produto precisa ser indicado por um médico.

    O Afrezza é contraindicado para menores de 18 anos.

    Tampouco pessoas com problemas respiratórios, como asma ou bronquite podem usar o inalador. O produto também não serve para fumantes ou para aqueles que pararam de fumar há menos de seis meses. Além disso, não pode ser usado por pessoas alérgicas à insulina.

    De acordo com a Federação Internacional de Diabetes, a doença afeta 425 milhões de adultos em todo o mundo, sendo mais de 12 milhões no Brasil.

Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
Nossos parceiros
SOBRE O SITE PAULO AFONSO | TEM

O site pauloafonsotem é formado por uma ótima equipe de colaboradores que fazem o site andar, deixando o mesmo sempre atualizado com notícias de qualidade para orgulhar cada vez mais todos os nossos internautas! Desde 2010 trazendo conteúdo e informação para você.
QUER ANUNCIAR?

Entre em contato, e faça a sua divulgação conosco! "QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO" Telefone: 75-98845-4011 | 75-99227-3793 ou se preferir E-mail: pauloafonsotem@hotmail.com!
PREVISÃO DO TEMPO

RECENTES POSTS

Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Ewerton Miranda